História do Kickboxing

O KickBoxing surgiu na década de 70, nos Estados Unidos, quando os caratecas tradicionais estavam cansados das competições que não permitiam um contato pleno, e começaram a adaptar protetores de pé e mão para que os contatos fossem permitidos, só que com pouco risco de lesão.

A modalidade competitiva que recebeu o nome de “Karatê Full Contact” (Karatê de Contato Total), com o passar dos tempos, fez com que estes mesmos atletas começassem a entender que aquela modalidade era um outro tipo de luta, que não tinha nada a ver com o “Karatê de Competição”. Recebeu então o nome de “Full Contact”, que traduzia muito mais o espírito deste novo esporte.

Dominique Valera, um dos maiores nomes do Karatê Mundial de todos os tempos, com mais de mil vitórias e vários títulos europeus e mundiais, começou a treinar a modalidade nos Estados Unidos com Bill Wallace e Jeff Smith. No seu retorno à Europa, reestruturou o esporte, chamando-o de KickBoxing, isto é: chutar boxeando, tornando-o como é hoje, dividido em sete modalidades, a saber:

MUSICAL FORMS: A mais bela modalidade do KickBoxing, considerada a Ginástica Olímpica Marcial. Os atletas coreografam movimentos tradicionais das artes marciais com a música utilizando-se de armas ou não.

POINT FIGHTING: Pode ser definido como um combate de técnicas controladas e paradas, sendo os golpes definidos ponto a ponto.

LIGHT CONTACT: É um combate de técnicas controladas e contínuas, onde os atletas visam tocar o maior número de vezes seu oponente, com a máxima velocidade e o mínimo de potência. Não é válido nocaute.

KICK LIGHT: Possui as mesmas definições de técnicas do Light Contact, acrescido com chutes que atinjam a cocha do adversário, interna e externamente, obedecendo a linha do joelho para cima. Não é válido nocaute.

FULL CONTACT: Nesta modalidade os atletas podem utilizar técnicas de mão do boxe tradicional e todos os tipos de chutes, que atinjam o adversário da cintura para cima, observando a linha lateral e frontal do tronco e cabeça. Permitido nocaute.

LOW KICKS: Possui as mesmas definições de técnicas do Full Contact, acrescido com chutes que atinjam a cocha do adversário, interna e externamente, obedecendo à linha do joelho para cima. Permitido nocaute.

K1 RULES: Modalidade de contato pleno que permite todas as técnicas do KBFC e do KBLK, agregando alguns golpes particulares a modalidade, tais como: atacar com chutes as pernas e articulações da mesma lateralmente, giratória baixa de calcanhar, joelhada e soco giratório. Permitido nocaute.

WAKO

Fundada em 1973, a WAKO - World Assotiation of KickBoxing Organizations, é a maior sigla mundial deste esporte, sediada em mais de 135 países espalhados pelos cinco continentes, possuindo sede financeira e administrativa em Monza (ITA), tendo como presidente o Sr. Borislav Pelevic, que vem trabalhando vistas ao reconhecimento olímpico.

O primeiro passo foi à tentativa de reconhecimento do esporte e da entidade através do AGFIS - General Association International Sports Federation, entidade esta diretamente ligada ao COI (Comitê Olímpico Internacional) e que passou a ser denominada a partir de 2015 de Sportaccord International Sports Federation (www.sportaccord.com), que é a responsável pelo reconhecimento mundial de cada esporte e sua respectiva entidade mundial.

- Em 2001, a WAKO filiou-se a WADA - World Anti Dopping Agengy e passou a utilizar as regras olímpicas de controle nos Campeonatos Mundiais e Europeus da modalidade, cumprindo assim mais uma exigência do AGFIS.

A WAKO participou dos Jogos Africanos e dos Jogos Asiáticos Indoor em 2007 e em 2009 e dos Jogos Mediterrâneos em 2009, dando com isto passos largos vistas ao reconhecimento Olímpico do esporte KickBoxing.

A WAKO é filiada a:

WADA - World Anti-Doping Agency: entidade reguladora do esporte perante o controle de dopagem e diretamente ligada ao COI.

OCA - Olympic Council of Asia: entidade filiada diretamente ao COI, que regula a prática esportiva no Continente Asiático e que reconhece o Kikcboxing WAKO oficialmente.

IWGA - International World Games Association: Composta de Federações Esportivas Internacionais, a IWGA administra um quadrienal e multidisciplinar evento esportivo, os Jogos Mundiais, a respeito do qual aspira igualar e exceder a importância dos campeonatos mundiais organizados por cada federação.

SPORTACCORD - International Sports Federations, que está sendo considerado como a primeira ação do COI – Comitê Olímpico Internacional em criar os Jogos Olímpicos Marciais.

No dia 20 de abril de 2016, o Comitê Olímpico Internacional - COI, reconheceu o Kickboxing como membro através da AIMS, pois desde que o COI e a WAKO (World Association and Kickboxing Organization) iniciaram as conversas por esse processo, todas as exigências solicitadas pelo Comitê foram atendidas.

CBKB

A Confederação Brasileira de Kickboxing – CBKB (www.cbkb.com.br) fomenta a modalidade do Kickboxing desde o ano de 1990, ano que iniciou suas atividades no Brasil ainda com o nome de Associação Nacional de Kickboxing.

A CBKB foi fundada oficialmente em 1993, durante a realização do 3° Campeonato Brasileiro de Kickboxing, realizado na cidade de Cruz Alta, RS, com a finalidade de fomentar, disciplinar e divulgar a prática do Kickboxing em todo o território brasileiro.

A CBKB é filiada a WAKO – World Association Kickboxing Organization (www.wakoweb.com), única sigla mundial de Kickboxing reconhecida pelo COI – Comitê Olimpico Internacional.


HALL DA FAMA

Capitulino Gomes da Silva Filho

Presidente da Federação de Kickboxing do Estado do Rio de Janeiro - FKBERJ

[Conhecer + ]

Deputado Luiz Antônio Martins

Criador do Dia Estadual do Kickboxing

[Conhecer + ]

Edmond Teixeira Simão

1º Campeão Brasileiro Profissional de Low Kicks

[Conhecer + ]

José Antônio Ferreira Machado

Fundador da Federação de Kickboxing do Estado do Rio de Janeiro - FKBERJ

[Conhecer + ]

Visite nossa página no FACEBOOK Canal Youtube FKBERJ